João Pessoa, 02 de Agosto de 2014

09 de Dezembro de 2010

Ator pornô pega Aids durante gravação

Ator pornô pega Aids durante gravação

Um ator pornô que teve resultado positivo em um exame para detecção do vírus HIV e provocou o fechamento temporário da indústria do cinema pornográfico nos Estados Unidos atacou a indústria de filmes eróticos.

Em uma emocionante entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (8), Derrick Burts, de 24 anos, também pediu que o uso de preservativos seja obrigatório nos sets de filmagem. De acordo com ele, os exames regulares mensais não são suficientes para manter os atores protegidos contra doenças sexualmente transmissíveis.

O ator criticou com ênfase especial a Fundação de Cuidados Médicos da Indústria Adulta (AIM), clínica exclusiva para trabalhadores do setor pornográfico, situada no vale de San Fernando, ao norte de Los Angeles, que segundo ele, o deixou meses sem tratamento.

– As pessoas por trás da indústria pornô, os peixes grandes, precisam oferecer um sistema que funcione, que proteja seus artistas.

Pelo menos quatro grandes produções de filmes para adultos suspenderam suas filmagens, enquanto eram realizados testes em todos os atores. As filmagens foram retomadas cerca de duas semanas depois.

Burts disse que trabalhou em filmes pornôs por poucos meses, antes de ser informado que havia contraído o vírus causador da Aids, depois de um exame de rotina. Antes de ser ator, ele trabalhou como mágico em cruzeiros de volta ao mundo e como gerente em um hotel da rede Marriott.

O ator diz que "não usar preservativo na indústria pornô, que é um trabalho de altíssimo risco, é muito perigoso".

– Uma das razões pelas quais definitivamente eu queria falar é para ajudar outros atores pornôs a se darem conta do risco que existe. A AIM gosta de declarar que os exames são suficientes para proteger os atores de doenças sexualmente transmissíveis e do HIV. Isso é completamente falso.  


R7

Enviar Comentário

Em respeito à legislação eleitoral, o portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.